Travel Guide: Equador

Muitos saltam o Equador para ir diretamente à Colômbia ou ao Perú. Apercebi-me disto nesta viagem. É curioso como não desperta a atenção de muitos mas na realidade tem tanto para oferecer. Desde praias da costa do pacifico, montanhas dos Andes até à selva da Amazónia e claro, a famosa ilha Galápagos conhecida pela sua rica biodiversidade.

Duas semanas é suficiente para conhecer o Equador, ou pelo menos conhecer os melhores lugares. Se viajas de avião vais provavelmente aterrar em Quito, na capital, e começar a tua aventura nesta cidade de estilo colonial. Se estás como mochileiro vens do Perú ou da Colômbia. Vou-vos dar a minha recomendação de um roteiro entrando pelo Sul.

Cuenca

Entrando pelo Sul aconselho a ires diretamente a Cuenca. Provavelmente vais ter de apanhar um autocarro que pára em Guayaquil e dai trocar para um segundo autocarro que te leva diretamente a Cuenca. Guayaquil é a maior cidade do Equador e tem reputação de ser uma cidade perigosa, não sendo aconselhada a turistas. Cuenca, no entanto, é uma cidade muito bonita e famosa pelos panama hats. Ao contrário do que pensa a maioria, estes chapéus feitos de palha tem origem no Equador e são um símbolo de cultura e tradicão das comunidades antigas. Cuenca é também um destino popular pelo Parque Nacional El Cajas, que fica a 50Km da cidade e oferece caminhadas e paisagens incríveis. Aconselho a dares um passeio pelo Rio Tomebamba.

De Cuenca tens várias opções para seguir viagem. Apetece-te praia ou montanha? Se estás mais numa de praia e festa, Montanita é o destino para ti. Se és mais adepto de montanhas, podes seguir para Baños de Agua Santa. A distância é praticamente igual, num autocarro demoras cerca de 6 horas para qualquer um destes lugares. Na zona Costeira há vários destinos que podes visitar, entre os mais famosos estão Puerto Lopez e Isla de la Plata. Se for a altura da emigração das baleias pode vê-las desde Puerto Lopez.

Baños

Se a tua escolha for Baños não te vais arrepender. Adorei este lugar! Aconselho a fazeres o passeio de bicicleta pelas cascatas e no caminho parar para uma aventura de Zipline. Para relaxar podes ir até às águas termais da cidade  – Termas de la Virgen – que estão abertas até às 10 da noite.

Já deves ter ouvido também falar na La casa Del Arbol. Aqui podes encontrar o famoso baloiço da foto que ganhou a competição no national geographic quando o vulcão Mt. Tungurahua estava em erupção. Vale a pena lá ir, a paisagem é incrível e podes tentar recriar a foto!

Estando em Baños estás já a aproximar-te da selva amazónica. É um bom ponto de partida para chegares até Tena que está já no início da selva, e quem sabe dai ires mesmo até à Amazónia. Tena oferece várias opções de voluntariado em comunidades Hare Krishna e não só. Entre elas está a comunidade Wisdom Forest. Se for do teu interesse aconselho a dares uma vista de olhos no website que explica em detalhe tudo o que tens de saber.

Quito

Se vais ao Equador tens de parar obrigatoriamente em Quito, uma cidade normalmente usada como ponto de conexão para o resto do Equador. Muitos vão a Quito por apenas um dia, para depois voar para os Galápagos ou outras cidades. No entanto, eu aconselho a ficares pelo menos dois dias. Há muitas coisas para fazer nesta cidade que justificam uma estadia mais longa. O centro histórico de Quito está imerso em cultura, história e arquitetura de estilo colonial. A um curto passeio a pé encontras a zona de bares, a famosa Calle La Ronda. Não deixes de visitar um destes bares e beber um canelazo na companhia dos Quitenos. A free walking tour de Quito (tip based) vale muito a pena para ficares a conhecer a cidade e a sua história contada por uma pessoa local. Foi muito interessante conhecer a perspectiva e ser levada aos sítios mais importantes por alguém local que está imersa nesta cultura. Podes tirar um dia para ir ate à Mitade del mundo. onde se encontra a linha do Equador e vários Museus para visitar.

Quilotoa Loop

O famoso loop da laguna Quilotoa é uma das melhores coisas para fazer no Equador. Este caminho pode ser personalizado dependendo do tempo disponível de cada um. O Quilotoa loop são 200Km de caminhos pelas montanhas dos Andes, perto do Volcão Cotopaxi. Apesar de poderes escolher exatamente como queres fazer o teu loop, há um caminho famoso que a maioria opta por fazer. Sao 4 dias de trekking entre Sigchos e Quilotoa. Independemente do caminho que escolheres, podes esperar vários dias de caminhadas intensas pelas vilas remotas desta zona e claro, chegar ate à Lagoa Quilotoa que é o destino final deste loop e digo-te que vale todos os passos que deste para chegar até lá!

De Quito muitos seguem para Otavalo, uma cidade rodeado de vulcões e famosa pelo mercado de artesanato. Vale a pena passar pelo menos um dia. De Otavalo já estás bem pertinho de Tulcan, por volta de 3 horas de automação, que é para onde terás de ir se a tua ideia for seguir para a Colômbia por terra.

Alguma dúvida em relação ao Equador ou alguma outra sugestão de lugares para visitar, partilha nos comentário.

Safe travels!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s