Buenos Aires: a minha experiência

Que lugar agradável para começar a minha viagem! Melhor ainda porque troquei estações do ano, deixei o Inverno e aterrei no Verão. Há melhor que isto?

Buenos Aires em Dezembro é bastante quente, a temperatura pode ultrapassar os 40 graus. Se estás a pensar ir nesta altura leva roupas leves e confortáveis. Provavelmente vais caminhar muito também por isso leva uns ténis ou outro tipo de calçado em que te sintas confortável. É uma daquelas cidades que se descobre e explora a pé.

Buenos Aires é de facto como todos os que já lá estiveram dizem, não importa o dia da semana ou a hora do dia vais sempre encontrar algo para fazer. A primeira vez que fui fiquei duas semanas e não houve um dia que me sentisse aborrecida!

O que fazer? Onde ir? Há uma forma fácil de dividir os teus dias por diferentes zonas da cidade. Se tiveres mais de 4 dias podes fazer tudo com mais calma ou visitar outras áreas da cidade e quem sabe fazer uma visita de um dia ou dois a Tigre que fica a 33KM e e faz parte da província de Buenos Aires. Não cheguei a ir mas foi-me recomendado por muitas pessoas!

Em 4 dias consegues visitar praticamente as áreas mais importantes e turísticas da cidade. Se conseguires passar por todas estas áreas vais conseguir ter um feeling do que é Buenos Aires.

  1. Centro da cidade: uma região rica em cultura, teatros, seda da presidência, congresso nacional, catedrais e museus. Deixa-te perder por aqui e se ainda tiveres energia para uma saída noturna não podes perder um show de tango em uma das casas de espetáculo, como o Piazzolla Tango por exemplo.
  2. Bairros LaBoca e Sao Telmo: obviamente não podes perder o Caminito e as ruas coloridas do bairro La Boca e ainda se és fã faz uma visita ao estádio que é casa do clube de futebol Boca Juniores. Pertinho está o Bairro Sao Telmo onde aos domingos encontras a melhor feira de artesanato da cidade. É das melhores feiras que já fui em termos de ambiente e variedade de coisas que podes comprar. A feira vai desde a plaza Dorrego até ao final da Calle Defensa. Estando aqui vais também passar pelo mercado de São Telmo onde te podes sentar a comer algo típico Argentino e beber um café no Coffee Town! Não te vás embora sem provar o típico Choripan. 
  3. Palermo: desde Palermo Soho, Palermo Hollywood a Palermo Viejo há bastante que explorar nesta área. Tanto de dia como de noite há muita vida nestes bairros mais alternativos, mas se gostas da vida noturna não percas esta experiência. Vai cedo para jantar num dos milhares de restaurantes que esta zona tem para oferecer e fica para beberes um fernet con coca num dos bares da zona. Quem sabe ainda tens energia para ires dar um pézinho de dança a um do imensos clubes que vais encontrar! Aconselho o restaurante Las Cabras em Palermo Hollywood. Pede o platter meal para dois, não te vais arrepender.
  4. Recoleta e Puerto Madero: esta parte da cidade é notoriamente mais rica e segura. Recoleta é um bom bairro para ficares hospedada/o. Recomendo o Hostel Voyage na Calle Junin. Aqui vais encontrar o Cemitério da cidade onde estão os túmulos de celebridades e ex-presidentes como Eva Perón. Ao lado está o Centro Cultural de Recoleta que durante a semana organizam concertos gratuitos ao ar livre, vale a pena espreitar a agenda cultural. Ali perto também está o Museu Nacional de Belas Artes que aconselho a visitar se tiveres tempo. Já em Puerto Madero, como o nome indica é situado na zona litoral da cidade, podes observar o contraste entre edifícios bastante modernos e algumas construções mais antigas. Não deixes de passar pela puente de La Mujer, uma grandiosa ponte para pedestres construída por um arquiteto famoso Argentino, Santiago Calatrava. Perto de Puerto Madero, existe a reserva ecológica de Buenos Aires. Se vais com tempo aconselho a alugares uma bicicleta e explorares esta reserva natural com lagoas, florestas e trilhas para caminhada e ciclismo. Um ótimo lugar para espairecer, fazer um picnic ou mesmo dar uma corrida ao ar livre e puro.

Quanto à segurança na cidade, assim que chegares vais-te aperceber que a maior parte das pessoas usa a mochila à frente e estão sempre bastante atentas aos seus pertences. Nunca me aconteceu nada ou vi nada a acontecer, mas ouvi histórias. Não custa nada ficares um bocado mais alerta ao que se passa à tua volta para evitar chatices. Zonas como o Bairro La Boca não te deixes ficar até tarde porque apesar de ser um bairro bastante turístico, é rodeado de zonas mais perigosas. Aconselho a apanhares um taxi antes das 17h para saíres do bairro. A minha irmã há uns anos atrás teve um episódio menos bom exatamente nesta zona. Ao sair de taxi mais tarde com amigos, dois rapazes jovens aproximaram-se do taxi com revolveres… portanto não é por acaso que se fala disto.

Qualquer dúvida ou conselho comentem aqui e eu responderei 🙂

DSC00331IMG_6935DSC00352LRG_DSC00245IMG_6746

8 thoughts on “Buenos Aires: a minha experiência

  1. Bruna Matos says:

    Olá Margarida! Obrigada por partilhares as tuas experiências connosco! Gostava de fazer-te uma pergunta. Foste sozinha fazer esta viagem? Ou há alguém ou um grupo que vai contigo para todo o lado? Obrigada. Um beijinho.

    Like

    • Margo on The Road says:

      Olá Bruna! Eu estou a viajar com o meu namorado mas também já viajei sozinha nesta mesma viagem. Há muitas raparigas a viajar sozinhas pela América do Sul. Tens de saber por onde andas estando acompanhada ou não. Pode sempre algo menos bom acontecer, mas isso até em Portugal, é uma questão de senso comum e não arriscar a ir para lugares que não são tão seguros e isolados. Para não falar que aqui nunca estás sozinha, eu estou sempre a conhecer pessoas e a viajar com grupos diferentes! 🙂

      Like

  2. Bruna Matos says:

    Obrigada pela tua resposta.
    Concordo contigo no que diz respeito aos acontecimentos menos bons poderem acontecer até em Portugal…
    Eu tive uma experiência muito positiva de três meses no México e apesar de me dizerem que era um país perigoso, nada de mal me aconteceu. As pessoas que eu conheci lá eram extremamente bondosas e atenciosas.
    Agora estou a pensar viajar até ao Peru mas para fazer um programa de voluntariado, não apenas turismo.
    Mais uma vez obrigada!

    Like

  3. Manuela says:

    Ola Margarida !
    Mtos parabéns pelo blog.

    Em janeiro estou de partida para Buenos Aires, uma viagem apenas de 12 dias.
    Ha tanta coisa que gostava de fazer, mas o tempo é tão curto que não sei bem para onde me virar 😉 .
    ( Buenos Aires, Mendonça, valparaiso e Atacama ) são uma hipótese .
    O que achas que não devo perder ? Podes dar uma ajuda 😉 já sítios mais interessantes aproveitar ?
    Adorei a descrição que fizeste do Norte que também dá vontade conhecer .

    Obrigada

    Like

    • Margo on The Road says:

      Olá Manuela. O meu conselho é que te foques num país só. Argentina em si é enorme, vais perder muito tempo em viagens até ao Chile. Porquê que não fazes Buenos Aires, Tigre por 1 noite e Parque Iguaçu (16 horas de autocarro desde BA)? Aproveitas tudo com mais calma. Se estiveres a pensar em voar em vez de viajares de autocarro, então talvez já possas considerar BA, Mendoza, Santiago e Valparaiso. Atacama já fica meio fora do teu percurso e convém teres mais tempo para visitar o Norte. A outra opção é voares de BA para Salta e fazeres o Norte, tal como expliquei no meu blog. 🙂

      Like

  4. Manuela says:

    Muito obrigada Margarida,

    Sabes se existe alguma agência de aluguer de carros que permita a recolha do carro num ponto e a entrega noutro ?

    Like

    • Margo on The Road says:

      Existe sim! É uma questão de procurar na Calle Buenos Aires onde há imensas agências. Onde eu aluguei existia essa opção pagando um preço acrescido obviamente. Falando com eles consegue-se tudo, pareceram-me todas bastante flexíveis.

      Like

  5. Manuela says:

    Margarida muito obrigada pelo teu blog !!
    Acabo de chegar de uma experiência fantástica na Argentina e o norte é Lindo tal como descreveste !!
    Obrigada

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s